Florianópolis é a capital brasileira com melhor desenvolvimento econômico, aponta pesquisa

29 de junho de 2018

floripa

Florianópolis é capital brasileira com melhor índice de desenvolvimento econômico. É o que aponta o Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal (IFDM), divulgado pelo Sistema da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan) nesta quinta-feira com base em dados oficiais de 2016, últimos disponíveis.

Florianópolis acumula 0,8584 ponto (indicador vai de 0 a 1), ocupando o 47º lugar geral. Além disso, Santa Catarina é o segundo Estado com maior percentual de municípios com desenvolvimento alto ou moderado, atrás apenas de São Paulo. Em SC, 99% dos municípios apresentaram desenvolvimento moderado (83,5%) ou alto (15,5%), índice superior ao panorama nacional (76,2% dos municípios). São Paulo tem 99,4% dos municípios nestas classificações.

Os municípios catarinenses também têm grande participação no topo do ranking nacional do IFDM: 54 cidades do estado estão entre os 500 maiores IFDMs do país, dos quais, sete estão entre os 100 melhores. O grande destaque fica com Concórdia, cidade melhor avaliada do Estado e a oitava do país (0,8703), com alto desenvolvimento em Saúde e Educação e moderado em Emprego e Renda.

O município de São Lourenço do Oeste se destacou ao apresentar o maior avanço (+5,5%), impulsionado principalmente pelo desempenho em Emprego e Renda. Cinco municípios, que estão entre as 10 melhores taxas do Estado, apresentaram evolução nas três áreas analisadas (Rio do Sul, Balneário Camboriú, São Lourenço do Oeste, Tubarão e Blumenau).

Índice Firjan

O índice monitora todas as cidades brasileiras e a avaliação varia de 0 a 1, sendo que quanto mais próximo de 1 maior o seu desenvolvimento. Cada uma delas é classificada em uma das quatro categorias do estudo: baixo desenvolvimento (de 0 a 0,4), desenvolvimento regular (0,4 a 0,6), desenvolvimento moderado (de 0,6 a 0,8) e alto desenvolvimento (0,8 a 1).

São acompanhadas as áreas de Emprego e Renda, Saúde e Educação e avaliadas conquistas e desafios socioeconômicos de competência municipal: manutenção de ambiente de negócios propício à geração local de emprego e renda, Educação Infantil e Fundamental, e atenção básica em saúde. O IFDM avaliou 5.471 cidades.

Fonte: DIÁRIO CATARINENSE

Últimas Noticias


Fotos da entrega do Residencial Espelho das Águas

14 de dezembro de 2018

Ingleses ganha novas passarelas de acesso à praia na região das Gaivotas

27 de novembro de 2018

Sistema de aproveitamento de água da chuva

12 de novembro de 2018

360 final

Apartamentos Loft

10 de novembro de 2018

Apartamentos Garden

8 de novembro de 2018

NOTÍCIAS


14 dez

Fotos da entrega do Residencial Espelho das Águas