Florianópolis é a capital brasileira com melhor desenvolvimento econômico, aponta pesquisa

29 de junho de 2018

floripa

Florianópolis é capital brasileira com melhor índice de desenvolvimento econômico. É o que aponta o Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal (IFDM), divulgado pelo Sistema da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan) nesta quinta-feira com base em dados oficiais de 2016, últimos disponíveis.

Florianópolis acumula 0,8584 ponto (indicador vai de 0 a 1), ocupando o 47º lugar geral. Além disso, Santa Catarina é o segundo Estado com maior percentual de municípios com desenvolvimento alto ou moderado, atrás apenas de São Paulo. Em SC, 99% dos municípios apresentaram desenvolvimento moderado (83,5%) ou alto (15,5%), índice superior ao panorama nacional (76,2% dos municípios). São Paulo tem 99,4% dos municípios nestas classificações.

Os municípios catarinenses também têm grande participação no topo do ranking nacional do IFDM: 54 cidades do estado estão entre os 500 maiores IFDMs do país, dos quais, sete estão entre os 100 melhores. O grande destaque fica com Concórdia, cidade melhor avaliada do Estado e a oitava do país (0,8703), com alto desenvolvimento em Saúde e Educação e moderado em Emprego e Renda.

O município de São Lourenço do Oeste se destacou ao apresentar o maior avanço (+5,5%), impulsionado principalmente pelo desempenho em Emprego e Renda. Cinco municípios, que estão entre as 10 melhores taxas do Estado, apresentaram evolução nas três áreas analisadas (Rio do Sul, Balneário Camboriú, São Lourenço do Oeste, Tubarão e Blumenau).

Índice Firjan

O índice monitora todas as cidades brasileiras e a avaliação varia de 0 a 1, sendo que quanto mais próximo de 1 maior o seu desenvolvimento. Cada uma delas é classificada em uma das quatro categorias do estudo: baixo desenvolvimento (de 0 a 0,4), desenvolvimento regular (0,4 a 0,6), desenvolvimento moderado (de 0,6 a 0,8) e alto desenvolvimento (0,8 a 1).

São acompanhadas as áreas de Emprego e Renda, Saúde e Educação e avaliadas conquistas e desafios socioeconômicos de competência municipal: manutenção de ambiente de negócios propício à geração local de emprego e renda, Educação Infantil e Fundamental, e atenção básica em saúde. O IFDM avaliou 5.471 cidades.

Fonte: DIÁRIO CATARINENSE

Últimas Noticias


LOGO GAIVOTAS_final

GAIVOTAS GARDEN BEACH

29 de abril de 2015

Residencial Trier

29 de setembro de 2014

NOTÍCIAS


29 jun

Florianópolis é a capital brasileira com melhor desenvolvimento econômico, aponta pesquisa